()

    Da palavra ao gesto do analista – 2ª EDIÇÃO - Impresso

    Cód. Ref.
    9788520433898

    De: R$ 77,00Por: R$ 69,30ou X de

    Economia de R$ 7,70

    Comprar

    descrição do produto

    Fruto de uma percepção clínica de que um novo período da psicanálise estava começando, mais próximo ao habitante de um novo mundo, o século XXI, a primeira edição deste livro foi uma forma de dividir as percepções do autor, Jorge Forbes, sobre as mudanças na clínica. Não existia, até então, uma bibliografia sobre o que hoje é chamada de Clínica do Real, ou segunda clínica de Lacan. Como houve boa aceitação e o livro foi se esgotando, tornando-se cada vez mais raro, esta nova edição não é muito diferente da original e manteve seu estilo oral, posto se tratar de um seminário estabelecido em texto, e o viço do tempo da descoberta de uma revolução clínica que o marcou.

    Sobre o autor:
    Jorge Forbes é Psicanalista e Médico Psiquiatra. Doutor em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina (Neurologia) da Universidade de São Paulo (FMUSP). Mestre em Psicanálise pela Université Paris 8 – Vincennes – Saint-Denis. Analista Membro (A.M.E.) da Escola Brasileira de Psicanálise (EBP), da qual foi o primeiro Diretor-geral; e da Escola Europeia de Psicanálise (EEP). Membro da Associação Mundial de Psicanálise (AMP). Presidente do Instituto da Psicanálise Lacaniana (IPLA) e do Projeto Análise. Diretor da Clínica de Psicanálise do Centro de Estudos do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (CEGH-USP). Dentre os livros de sua autoria, Inconsciente e Responsabilidade: Psicanálise do Século XXI, publicado pela Editora Manole, recebeu o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Psicologia e Psicanálise.

    Sumário resumido:
    • O sabor da palavra
    • Você é isto
    • Em ato, a palavra dura
    • O analista e o ator
    • “Ridículas palavras recalcadas”
    • O excesso - a falta do analista
    • Repetir na idiotice ou repetir na novidade
    • As quatro posições subjetivas
    • A Terra é azul
    • Analista, como o santo, não faz caridade
    • Do poder à causa
    • Lacan no Tom