Precisa de ajuda?
11 4196-6000

0

Carrinho

    Parcelamento em até 12x sem juros
    Primeira troca gratuita
    5% de desconto no boleto
    Cód:
    9788520453582
    Condutas pediátricas no Pronto Atendimento e na terapia intensiva 1ª Edição - Impresso

    Calcule o frete do produto:

    Especificações

    Descrição

    Currículo

    AutoresSilva, Luciana Rodrigues / Costa, Luanda Flores da

    Sinopse

    SinopseO livro busca enfatizar as diretrizes práticas no pronto atendimento e na UTI pediátrica, com destaque para o atendimento individualizado do paciente e de seus familiares.

    Sumário

    SumárioAssistência pediátrica no pronto atendimento e na unidade de terapia intensiva
    Abdome agudo
    Abordagem da criança politraumatizada
    Abuso de substâncias psicoativas
    Acidentes por animais peçonhentos
    Acidente vascular cerebral
    Afogamento
    Anafilaxia
    Antibioticoterapia
    Apneia
    E mais

    Especificações

    ISBN9788520453582
    Peso1,150 kg
    Largura15,5 cm
    Altura22,5 cm
    Profundidade (lombada)4,4 cm
    Número de páginas992
    EncadernaçãoFlexível
    Ano de publicação2017
    Edição1
    Tipo de produtoLivros

    Informações adicionais

    BISACMED069000

    Sobre o autor

    CurrículoLuciana Rodrigues Silva: Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria. Mestre e Doutora pela Universidade Federal da Bahia. Pós-doutora pela Université Libre de Bruxelles e Hôpital Bicêtre Paris, Université Paris V. Professora Titular de Pediatria da Universidade Federal da Bahia. Coordenadora do Serviço de Pediatria do Hospital Aliança. Chefe do Serviço de Gastroenterologia e Hepatologia Pediátricas da Universidade Federal da Bahia. Membro da Academia Brasileira de Pediatria.

    Luanda Flores da Costa: Especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e em Medicina Intensiva Pediátrica pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira. Médica Plantonista da UTI Pediátrica do Hospital Aliança.
    Os pediatras do Pronto Atendimento e da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica têm uma responsabilidade ímpar ao assistir seus pacientes, pela necessidade de diagnosticar e tratar corretamente e sempre enfatizar a manutenção posterior do cuidado pelo pediatra habitual da criança, com quem deve haver uma interlocução precisa.

    TemplateEvento