Precisa de ajuda?

(11) 4196-6000
Das 08:00 às 17:00

Whatsapp
E-booksMedicinaCardiologiaInsuficiência Cardíaca DEIC-SBC 1ª Edição

Parcelamento em
até 10x sem juros

Primeira troca
gratuita

5% de desconto
no PIX

E-books | Medicina | Cardiologia

Click me

Insuficiência Cardíaca DEIC-SBC 1ª Edição

Referência: 9786555767223
  • Editores: : José Albuquerque de Figueiredo Neto. Editores associados: Fabiana Goulart Marcondes-Braga, Evandro Tinoco Mesquita, Lidia Ana Zytynski Moura
  • Este livro é fruto da colaboração de apaixonados pela assistência, pelo ensino e pela pesquisa da insuficiência cardíaca e cardiomiopatias. Obra de fácil consulta e embasada nas melhores evidências científicas, com o olhar da experiência clínica. Aqui, sêniores e jovens talentos ligados ao Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC) da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) aprofundam os principais tópicos na área, sobretudo para quem busca formação médica contínua e atualizada.
  • + Ver mais

    De
    R$ 353,00
    Por
    R$ 176,50
    Ou 10 x de R$ 17,65
    sem juros
    Economize R$ 176,50
    -50%
    Ou R$ 176,50 à vista no pix

    Formas de pagamento


    Por que ler esse e-book?
    Este livro, resultado da colaboração dos principais cardiologistas de todo o Brasil que lidam com insuficiência cardíaca, representa várias gerações de estudiosos sobre o tema, desde os fundadores do Grupo de Estudos em Insulficiência Cardíaca (GEIC), passando pelas lideranças atuais e chegando ao Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC) da Sociedade Brasileira de Cardiologia. O estudo da insuficiência cardíaca continua a evoluir rapidamente, com novos avanços no entendimento de sua fisiopatologia e novas abordagens diagnósticas e terapêuticas. Este livro: • Objetiva auxiliar na consolidação desse caminho, fortalecendo e reconhecendo os profissionais que atuam de forma intensa na pesquisa, no ensino, na assistência e na inovação. • Traz uma visão atual dos fundamentos científicos e dos avanços clínicos num esforço de integrar os serviços que atuam, em diferentes graus de complexidade, com a insuficiência cardíaca no Brasil. • Incorpora aspectos da didática contemporânea com base nas evidências científicas e na experiência clínica. • Reúne os mais recentes avanços sobre o tema de forma concisa, com enorme valor para toda a comunidade cardiológica. • É estruturado de modo a ser uma fonte objetiva para auxiliar com respostas atualizadas e baseadas em evidência para a prática diária de médicos, residentes, enfermeiros e demais profissionais da área da saúde que lidam com o tema, bem como estudantes em todos os níveis.
      SOBRE O EDITOR José Albuquerque de Figueiredo Neto: Professor Titular de Cardiologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Doutor em Cardiologia pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Fellow do American College of Cardiology. Fellow da European Society of Cardiology. Fellow da American Heart Association. EDITORES ASSOCIADOS Fabiana Goulart Marcondes-Braga : Pós-Doutora pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Programa de Pós-graduação da USP. Cardiologista da Unidade Clínica de Transplante Cardíaco do Instituto do Coração do Ho Evandro Tinoco Mesquita: Professor Titular de Cardiologia da Universidade Federal Fluminense (UFF). Presidente do Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC-SBC). VicePresidente da Sociedad Interamericana de Cardiología (SIAC). Lidia Ana Zytynski Moura: Professora Titular da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR). Doutora pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).
      SOBRE O EDITOR José Albuquerque de Figueiredo Neto: Professor Titular de Cardiologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Doutor em Cardiologia pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Fellow do American College of Cardiology. Fellow da European Society of Cardiology. Fellow da American Heart Association. EDITORES ASSOCIADOS Fabiana Goulart Marcondes-Braga : Pós-Doutora pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Programa de Pós-graduação da USP. Cardiologista da Unidade Clínica de Transplante Cardíaco do Instituto do Coração do Ho Evandro Tinoco Mesquita: Professor Titular de Cardiologia da Universidade Federal Fluminense (UFF). Presidente do Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC-SBC). VicePresidente da Sociedad Interamericana de Cardiología (SIAC). Lidia Ana Zytynski Moura: Professora Titular da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR). Doutora pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).
    • José Albuquerque de Figueiredo Neto. Editores associados: Fabiana Goulart Marcondes-Braga, Evandro Tinoco Mesquita, Lidia Ana Zytynski Moura
    • José Albuquerque de Figueiredo Neto. Editores associados: Fabiana Goulart Marcondes-Braga, Evandro Tinoco Mesquita, Lidia Ana Zytynski Moura
      A Editora Manole adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks). Compatibilidade Além do acesso on-line e Off-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android. Acesso aos e-books • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra; • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”. Acessibilidade • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada; • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite). Observações importantes • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line; • Não é permitida a impressão dos e-books;Os e-books adquiridos no site da Editora Manole não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;
      A Editora Manole adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks). Compatibilidade Além do acesso on-line e Off-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android. Acesso aos e-books • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra; • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”. Acessibilidade • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada; • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite). Observações importantes • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line; • Não é permitida a impressão dos e-books;Os e-books adquiridos no site da Editora Manole não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;
    • Prefácio – Evandro Tinoco Mesquita . . . . . . . . . . . . XXV
    • Prefácio – Charles Mady . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXVII
    • Prefácio – Álvaro Sosa Liprandi . . . . . . . . . . . . . . . . . XXIX
    • Apresentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXXI
    • Agradecimentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXXIII
    • SEÇÃO I FISIOPATOLOGIA
    • 1. O sistema renina-angiotensina-aldosterona na insuficiência cardíaca . . . . . . 2
    • 2. Alterações no sistema neuro-humoral na insuficiência cardiaca . . 6
    • 3. Citocinas e marcadores inflamatórios na insuficiência cardíaca . . . . . 9
    • 4. Estresse oxidativo na insuficiência cardíaca . . . . . 13
    • 5. Peptídeos natriuréticos na insuficiência cardíaca . . . . . . . 17
    • 6. O papel da vasopressina na fisiopatologia da insuficiência cardíaca . . . . . . . . 22
    • 7. Alterações na circulação periférica na insuficiência cardíaca . .. . 25
    • 8. Alterações na função renal associadas à insuficiência cardíaca . . 30
    • 9. Alterações musculoesqueléticas na insuficiência cardíaca . .. . . . 35
    • 10. Alterações no metabolismo cardíaco na insuficiência cardíaca . 38
    • 11. Alterações na estrutura do ventrículo esquerdo . . 46
    • SEÇÃO II DEFINIÇÃO, EPIDEMIOLOGIA E ETIOLOGIA
    • 1. Introdução e classificação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54
    • 2. Prevalência e incidência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58
    • 3. Características dos pacientes . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
    • 4. Tipos de insuficiência cardíaca e classificação . . 65
    • 5. Fatores contribuintes para insuficiência cardíaca . . . 70
    • 6. Doença arterial coronariana e insuficiência cardíaca . . . 75
    • 7. Hipertensão e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . 79
    • 8. Doença valvar e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . 87
    • 9. Insuficiência cardíaca em cardiopatia congênita do adulto . 91
    • 10. Hospitalização por insuficiência cardíaca: epidemiologia . .. . 97
    • SEÇÃO III DIAGNÓSTICO E PROGNÓSTICO
    • 1. Avaliação clínica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104
    • 2. Biomarcadores e ecocardiograma na insuficiência cardíaca . .. . 110
    • 3. Papel da medicina nuclear . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116
    • 4. Ressonância magnética cardíaca e tomografia computadorizada . . . 123
    • 5. Avaliação invasiva . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133
    • 6. Estratificação prognóstica na insuficiência cardíaca . . . . 138
    • SEÇÃO IV TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO
    • 1. Clínica de insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . . . . 144
    • 2. Restrição hídrica e de sódio: dieta e perda de peso na insuficiência cardíaca . . . . 149
    • 3. Tabagismo, álcool e drogas ilícitas . . . . . . . . . . . . 152
    • 4. Vacinação e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . . 155
    • 5. Reabilitação cardiovascular na insuficiência cardíaca . . . 158
    • 6. Planejamento familiar e gestação em pacientes com insuficiência cardíaca . . . 163
    • SEÇÃO V TRATAMENTO FARMACOLÓGICO
    • 1. Diuréticos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 168
    • 2. IECA, BRA E INRA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174
    • 3. Antagonistas dos receptores mineralocorticoides . 178
    • 4. Betabloqueadores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 182
    • 5. Controle de frequência cardíaca: ivabradina e digoxina . . 184
    • 6. Hidralazina e nitrato . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 186
    • 7. Inibidores de SGLT2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190
    • 8. Estimuladores da guanilato ciclase . . . . . . . . . . . 196
    • 9. Omecamtiv mecarbil . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 198
    • SEÇÃO VI DISPOSITIVOS IMPLANTÁVEIS E TRATAMENTO CIRÚRGICO
    • 1. Indicações e resultados de cardiodesfibrilador implantável . 202
    • 2. Indicações e resultados da terapia de ressincronização e novas modalidades de estimulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 209
    • 3. Revascularização miocárdica na insuficiência cardíaca com fração de ejeção reservada . . . . . 213
    • 4. Tratamento percutâneo da insuficiência mitral funcional . . .. . 220
    • 5. Tipos e indicações dos dispositivos de assistência circulatória mecânica . . . . . 229
    • SUMÁRIO XXV
    • 6. Transplante cardíaco: avaliação pré-transplante e aspectos cirúrgicos . . 238
    • 7. Transplante cardíaco: imunossupressão e complicações precoces . . . . . 245
    • 8. Transplante cardíaco: complicações tardias . . 255
    • SEÇÃO VII COMORBIDADES NA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
    • 1. Arritmias comuns na insuficiência cardíaca crônica . . . . . 262
    • 2. Obesidade, caquexia, sarcopenia . . . . . . . . . . . . 267
    • 3. Diabetes melito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 271
    • 4. Insuficiência cardíaca e distúrbios da tireoide . 276
    • 5. Doença renal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 281
    • 6. Doença pulmonar obstrutiva crônica, asma e síndrome da apneia do sono . . 291
    • 7. Deficiência de ferro e anemia . . . . . . . . . . . . . . 294
    • 8. Insuficiência cardíaca e disfunção sexual/disfunção erétil . . . . 297
    • 9. Câncer . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 304
    • 10. Depressão, ansiedade e demências em insuficiência cardíaca . 312
    • 11. Hipertensão pulmonar e embolia pulmonar . . . . 315
    • SEÇÃO VIII CARDIOMIOPATIAS
    • 1. Introdução e classificação das cardiomiopatias . .. . 326
    • 2. Cardiomiopatia hipertrófica . . . . . . . . . . . . . . . . 333
    • 3. Cardiomiopatia dilatada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 338
    • 4. Cardiomiopatia restritiva e endomiocardiofibrose . .. . 343
    • 5. Cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito . . . . . . 348
    • 6. Miocárdio não compactado . . . . . . . . . . . . . . . . 353
    • 7. Miocardites . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 360
    • 8. O coração e doenças neuromusculares . . . . . . . 371
    • 9. O coração e alterações do metabolismo . . . . . 374
    • 10. Amiloidose cardíaca . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 379
    • 11. Cardiomiopatia periparto . . . . . . . . . . . . . . . . . . 388
    • 12. Cardiomiopatia e a Covid-19 . . . . . . . . . . . . . . . . 392
    • 13. Cardiomiopatia e HIV . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 398
    • 14. Cardiomiopatia da doença de Chagas . . . . . . . . . 401
    • 15. Miocardite e miocardiopatias na infância e adolescência . . . . . 409
    • 16. Cardiomiopatia alcoólica e por carências nutricionais . . . . . 413
    • XXVI INSUFICIÊNCIA CARDÍACA DEIC-SBC
    • 17. Síndrome de takotsubo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 416
    • 18. Cardiomiopatias e arboviroses . . . . . . . . . . . . . . 427
    • 19. Taquicardiomiopatias ou cardiomiopatias induzidas por arritmias . . . . 430
    • SEÇÃO IX INSUFICIÊNCIA CARDÍACA COM FRAÇÃO DE EJEÇÃO PRESERVADA
    • 1. Epidemiologia da insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada . . . . 436
    • 2. Fisiopatologia da insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada . . . . . . . . . . . 440
    • 3. Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada: diagnóstico . . . . 445
    • 4. Insuficiência cardíaca com fração de ejecão preservada: tratamento atual e novas perspectivas . . . . . .. . . . . . . . . . 450
    • SEÇÃO X INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AGUDA
    • 1. Insuficiência cardíaca aguda: definições, classificação e escores prognósticos . . . 456
    • 2. Fluxograma de utilização das ferramentas diagnósticas na insuficiência cardíaca aguda . . 459
    • 3. Metas terapêuticas e marcadores prognósticos na insuficiência cardíaca aguda . .. . . . 464
    • 4. Tratamento farmacológico: inotrópicos . . . . . . . 471
    • 5. Tratamento farmacológico: vasodilatadores intravenosos . .. . .474
    • 6. Tratamento farmacológico: algoritmo de tratamento da insuficiência cardíaca aguda . . . 479
    • 7. Utilização de diuréticos na insuficiência cardíaca aguda . . . . 484
    • 8. Planejamento de cuidados para alta e período vulnerável . . . . . 490
    • SEÇÃO XI INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AVANÇADA
    • 1. Insuficiência cardíaca avançada: definições, classificação e escores prognósticos . . . . 494
    • 2. Abordagem farmacológica com foco no paciente com insuficiência cardíaca avançada . . . . . . . . 498
    • 3. Congestão refratária e resistência a diuréticos . . . . . 505
    • 4. Choque cardiogênico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 514
    • 5. Terapias avançadas em pacientes com insuficiência cardíaca:
    • indicações e resultados . . . . . 520
    • 6. Abordagem paliativa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .528
    • SEÇÃO XII MISCELÂNEA
    • 1. Custo-efetividade na insuficiência cardíaca . . . 534
    • 2. Saúde baseada em valor na insuficiência cardíaca: avaliando desfechos . .. . . 537
    • 3. Telemedicina em insuficiência cardíaca . . . . . . . 541
    • Índice remissivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 547
    • Prefácio – Evandro Tinoco Mesquita . . . . . . . . . . . . XXV Prefácio – Charles Mady . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXVII Prefácio – Álvaro Sosa Liprandi . . . . . . . . . . . . . . . . . XXIX Apresentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXXI Agradecimentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . XXXIII SEÇÃO I FISIOPATOLOGIA 1. O sistema renina-angiotensina-aldosterona na insuficiência cardíaca . . . . . . 2 2. Alterações no sistema neuro-humoral na insuficiência cardiaca . . 6 3. Citocinas e marcadores inflamatórios na insuficiência cardíaca . . . . . 9 4. Estresse oxidativo na insuficiência cardíaca . . . . . 13 5. Peptídeos natriuréticos na insuficiência cardíaca . . . . . . . 17 6. O papel da vasopressina na fisiopatologia da insuficiência cardíaca . . . . . . . . 22 7. Alterações na circulação periférica na insuficiência cardíaca . .. . 25 8. Alterações na função renal associadas à insuficiência cardíaca . . 30 9. Alterações musculoesqueléticas na insuficiência cardíaca . .. . . . 35 10. Alterações no metabolismo cardíaco na insuficiência cardíaca . 38 11. Alterações na estrutura do ventrículo esquerdo . . 46 SEÇÃO II DEFINIÇÃO, EPIDEMIOLOGIA E ETIOLOGIA 1. Introdução e classificação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 2. Prevalência e incidência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58 3. Características dos pacientes . . . . . . . . . . . . . . . . . 61 4. Tipos de insuficiência cardíaca e classificação . . 65 5. Fatores contribuintes para insuficiência cardíaca . . . 70 6. Doença arterial coronariana e insuficiência cardíaca . . . 75 7. Hipertensão e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . 79 8. Doença valvar e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . 87 9. Insuficiência cardíaca em cardiopatia congênita do adulto . 91 10. Hospitalização por insuficiência cardíaca: epidemiologia . .. . 97 SEÇÃO III DIAGNÓSTICO E PROGNÓSTICO 1. Avaliação clínica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104 2. Biomarcadores e ecocardiograma na insuficiência cardíaca . .. . 110 3. Papel da medicina nuclear . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116 4. Ressonância magnética cardíaca e tomografia computadorizada . . . 123 5. Avaliação invasiva . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 133 6. Estratificação prognóstica na insuficiência cardíaca . . . . 138 SEÇÃO IV TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO 1. Clínica de insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . . . . 144 2. Restrição hídrica e de sódio: dieta e perda de peso na insuficiência cardíaca . . . . 149 3. Tabagismo, álcool e drogas ilícitas . . . . . . . . . . . . 152 4. Vacinação e insuficiência cardíaca . . . . . . . . . . . . 155 5. Reabilitação cardiovascular na insuficiência cardíaca . . . 158 6. Planejamento familiar e gestação em pacientes com insuficiência cardíaca . . . 163 SEÇÃO V TRATAMENTO FARMACOLÓGICO 1. Diuréticos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 168 2. IECA, BRA E INRA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 174 3. Antagonistas dos receptores mineralocorticoides . 178 4. Betabloqueadores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 182 5. Controle de frequência cardíaca: ivabradina e digoxina . . 184 6. Hidralazina e nitrato . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 186 7. Inibidores de SGLT2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190 8. Estimuladores da guanilato ciclase . . . . . . . . . . . 196 9. Omecamtiv mecarbil . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 198 SEÇÃO VI DISPOSITIVOS IMPLANTÁVEIS E TRATAMENTO CIRÚRGICO 1. Indicações e resultados de cardiodesfibrilador implantável . 202 2. Indicações e resultados da terapia de ressincronização e novas modalidades de estimulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 209 3. Revascularização miocárdica na insuficiência cardíaca com fração de ejeção reservada . . . . . 213 4. Tratamento percutâneo da insuficiência mitral funcional . . .. . 220 5. Tipos e indicações dos dispositivos de assistência circulatória mecânica . . . . . 229 SUMÁRIO XXV 6. Transplante cardíaco: avaliação pré-transplante e aspectos cirúrgicos . . 238 7. Transplante cardíaco: imunossupressão e complicações precoces . . . . . 245 8. Transplante cardíaco: complicações tardias . . 255 SEÇÃO VII COMORBIDADES NA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA 1. Arritmias comuns na insuficiência cardíaca crônica . . . . . 262 2. Obesidade, caquexia, sarcopenia . . . . . . . . . . . . 267 3. Diabetes melito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 271 4. Insuficiência cardíaca e distúrbios da tireoide . 276 5. Doença renal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 281 6. Doença pulmonar obstrutiva crônica, asma e síndrome da apneia do sono . . 291 7. Deficiência de ferro e anemia . . . . . . . . . . . . . . 294 8. Insuficiência cardíaca e disfunção sexual/disfunção erétil . . . . 297 9. Câncer . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 304 10. Depressão, ansiedade e demências em insuficiência cardíaca . 312 11. Hipertensão pulmonar e embolia pulmonar . . . . 315 SEÇÃO VIII CARDIOMIOPATIAS 1. Introdução e classificação das cardiomiopatias . .. . 326 2. Cardiomiopatia hipertrófica . . . . . . . . . . . . . . . . 333 3. Cardiomiopatia dilatada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 338 4. Cardiomiopatia restritiva e endomiocardiofibrose . .. . 343 5. Cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito . . . . . . 348 6. Miocárdio não compactado . . . . . . . . . . . . . . . . 353 7. Miocardites . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 360 8. O coração e doenças neuromusculares . . . . . . . 371 9. O coração e alterações do metabolismo . . . . . 374 10. Amiloidose cardíaca . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 379 11. Cardiomiopatia periparto . . . . . . . . . . . . . . . . . . 388 12. Cardiomiopatia e a Covid-19 . . . . . . . . . . . . . . . . 392 13. Cardiomiopatia e HIV . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 398 14. Cardiomiopatia da doença de Chagas . . . . . . . . . 401 15. Miocardite e miocardiopatias na infância e adolescência . . . . . 409 16. Cardiomiopatia alcoólica e por carências nutricionais . . . . . 413 XXVI INSUFICIÊNCIA CARDÍACA DEIC-SBC 17. Síndrome de takotsubo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 416 18. Cardiomiopatias e arboviroses . . . . . . . . . . . . . . 427 19. Taquicardiomiopatias ou cardiomiopatias induzidas por arritmias . . . . 430 SEÇÃO IX INSUFICIÊNCIA CARDÍACA COM FRAÇÃO DE EJEÇÃO PRESERVADA 1. Epidemiologia da insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada . . . . 436 2. Fisiopatologia da insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada . . . . . . . . . . . 440 3. Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada: diagnóstico . . . . 445 4. Insuficiência cardíaca com fração de ejecão preservada: tratamento atual e novas perspectivas . . . . . .. . . . . . . . . . 450 SEÇÃO X INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AGUDA 1. Insuficiência cardíaca aguda: definições, classificação e escores prognósticos . . . 456 2. Fluxograma de utilização das ferramentas diagnósticas na insuficiência cardíaca aguda . . 459 3. Metas terapêuticas e marcadores prognósticos na insuficiência cardíaca aguda . .. . . . 464 4. Tratamento farmacológico: inotrópicos . . . . . . . 471 5. Tratamento farmacológico: vasodilatadores intravenosos . .. . .474 6. Tratamento farmacológico: algoritmo de tratamento da insuficiência cardíaca aguda . . . 479 7. Utilização de diuréticos na insuficiência cardíaca aguda . . . . 484 8. Planejamento de cuidados para alta e período vulnerável . . . . . 490 SEÇÃO XI INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AVANÇADA 1. Insuficiência cardíaca avançada: definições, classificação e escores prognósticos . . . . 494 2. Abordagem farmacológica com foco no paciente com insuficiência cardíaca avançada . . . . . . . . 498 3. Congestão refratária e resistência a diuréticos . . . . . 505 4. Choque cardiogênico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 514 5. Terapias avançadas em pacientes com insuficiência cardíaca: indicações e resultados . . . . . 520 6. Abordagem paliativa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .528 SEÇÃO XII MISCELÂNEA 1. Custo-efetividade na insuficiência cardíaca . . . 534 2. Saúde baseada em valor na insuficiência cardíaca: avaliando desfechos . .. . . 537 3. Telemedicina em insuficiência cardíaca . . . . . . . 541 Índice remissivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 547
    • ISBN
      9786555767223
    • Número de páginas
      592
    • Ano de publicação
      2021
    • Tipo de produto
      E-Books

    Quem viu, viu também

    INSUFICIENCIA-CARDIACA-DEIC-SBC---1ª-EDICAO

    Insuficiência Cardíaca DEIC-SBC 1ª Edição

    R$ 353,00
    R$ 176,50
    -50%