Precisa de ajuda?

(11) 4196-6000
Das 08:00 às 17:00

Whatsapp
E-booksMedicinaClínica MédicaResidência médica: ensino e avaliação das competências 1ª Edição

Parcelamento em
até 10x sem juros

Primeira troca
gratuita

5% de desconto
no PIX

E-books | Medicina | Clínica Médica

Click me

Residência médica: ensino e avaliação das competências 1ª Edição

Referência: 9786555764802
  • Editores: : Gustavo Salata Romão, Marcos Felipe Silva de Sá, César Eduardo Fernandes, Agnaldo Lopes da Silva Filho
  • Em um esforço conjunto entre a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e a Associação Médica Brasileira (AMB), os autores compilam teorias e métodos validados internacionalmente para o treinamento e a avaliação de profissionais da saúde, facilitando o acesso a um tema atual e necessário a todos os envolvidos na educação médica no Brasil, com o objetivo final de oferecer uma melhor atenção à saúde. Apresentam, ainda, um panorama do funcionamento da residência médica no país e apontam perspectivas para a educação médica nos próximos anos.
  • + Ver mais

    De
    R$ 214,00
    Por
    R$ 96,30
    Ou 9 x de R$ 10,70
    sem juros
    Economize R$ 117,70
    -55%
    Ou R$ 96,30 à vista no pix

    Formas de pagamento


    Por que ler esse e-book?
    Nas últimas duas décadas, a educação médica mudou mais do que no século passado inteiro. Novas estratégias foram desenvolvidas para superar as limitações do ensino estritamente teórico e potencializar a aprendizagem em cenários de prática. Esse conhecimento, no entanto, não estava ao alcance de todos os gestores, supervisores, professores e preceptores que atuam na educação médica brasileira. Residência médica: ensino e avaliação das competências é pioneira na área e trata-se de referência necessária para orientar a transformação da educação médica no país em conformidade com os avanços dessa ciência. Em um esforço conjunto entre a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e a Associação Médica Brasileira (AMB), foram compilados temas como: teorias de aprendizagem, formação por competências, capacitação de professores e preceptores e humanização do profissional de saúde. Além disso, tendo em vista a enorme evolução tecnológica deste período e os recentes acontecimentos decorrentes da covid-19, os autores apresentam estratégias que devem estar no horizonte de todos os envolvidos nos programas de residência médica nos próximos anos, como: • Ensino e avaliação mediados por tecnologia. • Telemedicina. • Diferentes modalidades de simulação adequadas à realidade brasileira. • Iniciativas em curso nos programas de residência médica do país.
      Gustavo Salata Romão: Doutor em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Professor Titular do Curso de Medicina da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp). Presidente da Comissão de Residência Médica da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Coreme-Febrasgo). Membro da Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação (CNRM-MEC). Membro da Comissão de Residência Médica da Association for Medical Education in Europe (Amee Postgraduate Committee). Marcos Felipe Silva de Sá: Professor Titular do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Membro da Comissão de Residência Médica da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Coreme-Febrasgo). César Eduardo Fernandes: Professor Titular da Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medicina do ABC. Diretor Científico da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Presidente da Associação Médica Brasileira (AMB). Agnaldo Lopes da Silva Filho: Presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Professor Titular do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Orientador de mestrado e doutorado nos Programas de Pós-Graduação em Saúde da Mulher da UFMG. Orientador de mestrado e doutorado nos Programas de Pós-Graduação em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp).
      Gustavo Salata Romão: Doutor em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Professor Titular do Curso de Medicina da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp). Presidente da Comissão de Residência Médica da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Coreme-Febrasgo). Membro da Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação (CNRM-MEC). Membro da Comissão de Residência Médica da Association for Medical Education in Europe (Amee Postgraduate Committee). Marcos Felipe Silva de Sá: Professor Titular do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Membro da Comissão de Residência Médica da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Coreme-Febrasgo). César Eduardo Fernandes: Professor Titular da Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medicina do ABC. Diretor Científico da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Presidente da Associação Médica Brasileira (AMB). Agnaldo Lopes da Silva Filho: Presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Professor Titular do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Orientador de mestrado e doutorado nos Programas de Pós-Graduação em Saúde da Mulher da UFMG. Orientador de mestrado e doutorado nos Programas de Pós-Graduação em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp).
    • Gustavo Salata Romão, Marcos Felipe Silva de Sá, César Eduardo Fernandes, Agnaldo Lopes da Silva Filho
    • Gustavo Salata Romão, Marcos Felipe Silva de Sá, César Eduardo Fernandes, Agnaldo Lopes da Silva Filho
      A Editora Manole adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks). Compatibilidade Além do acesso on-line e Off-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android. Acesso aos e-books • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra; • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”. Acessibilidade • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada; • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite). Observações importantes • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line; • Não é permitida a impressão dos e-books;Os e-books adquiridos no site da Editora Manole não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;
      A Editora Manole adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks). Compatibilidade Além do acesso on-line e Off-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android. Acesso aos e-books • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra; • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”. Acessibilidade • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada; • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite). Observações importantes • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line; • Não é permitida a impressão dos e-books;Os e-books adquiridos no site da Editora Manole não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;
    • Seção 1 Residência médica no Brasil e no mundo
    • 1. História da residência médica e panorama atual no Brasil
    • 2. Iniciativas da Febrasgo na formação do especialista em ginecologia e obstetrícia
    • Seção 2 Formação por competências
    • 3. Teorias de aprendizagem
    • 4. Formação orientada por competências
    • 5. Matriz de competências de ginecologia e obstetrícia
    • 6. Matriz de competências de clínica médica
    • 7. Matriz de competências de cirurgia geral
    • 8. Matriz de competências de ortopedia
    • 9. Matriz de competências de anestesiologia
    • 10. Residência médica de pediatria no Brasil
    • 11. Residência de medicina de emergência
    • 12. Preceptoria e estratégias de supervisão
    • 13. Desenvolvimento de competência pedagógica de preceptores: a experiência da Abem
    • 14. Capacitação de preceptores: a experiência da Febrasgo
    • 15. Residente como educador
    • 16. Princípios éticos na formação do residente
    • 17. Humanização e profissionalismo na residência
    • Seção 3 Treinamento do residente
    • 18. Telemedicina e ensino mediado por tecnologia na residência médica
    • 19. Treinamento por meio da simulação
    • 20. Construção e uso de simuladores de baixo custo
    • 21. Princípios gerais e modalidades de simulação
    • 22. Treinamento de procedimentos cirúrgicos em ginecologia e obstetrícia
    • 23. Treinamento em emergências obstétricas: a experiência do Zero Morte Materna
    • 24. Treinamento em ambientes de prática
    • 25. Segurança do paciente e formação do residente
    • 26. Desenvolvimento da competência em comunicação clínica
    • 27. Empatia na formação médica
    • 28. Saúde mental do médico residente
    • 29. Programas de apoio ao residente
    • 30. Pandemia da covid-19: impactos nos serviços de ginecologia e obstetrícia
    • Seção 4 Avaliação do residente
    • 31. Princípios gerais de avaliação do profissional da saúde em formação
    • 32. Elaboração de testes de avaliação cognitiva
    • 33. Elaboração de questões de boa qualidade
    • 34. Teste de progresso: a experiência da Febrasgo com o TPI-GO
    • 35. Avaliação das habilidades em ambiente simulado
    • 36. Avaliação de desempenho nos ambientes de prática
    • 37. Avaliação de profissionalismo
    • 38. Atividades profissionais confiabilizadoras (EPA)
    • 39. Logbook, portfólio e auditoria de prontuários
    • Seção 5 Certificação do especialista
    • 40. Certificação das especialidades médicas no Brasil
    • 41. Certificação do especialista em ginecologia e obstetrícia
    • Seção 6 Avaliação dos programas de residência
    • 42. Avaliação de instituições e programas de residência médica: as atribuições da CNRM
    • 43. Acreditação dos programas de residência médica no Brasil
    • 44. Perspectivas da educação médica no Brasil e no mundo
    • Seção 1 Residência médica no Brasil e no mundo 1. História da residência médica e panorama atual no Brasil 2. Iniciativas da Febrasgo na formação do especialista em ginecologia e obstetrícia Seção 2 Formação por competências 3. Teorias de aprendizagem 4. Formação orientada por competências 5. Matriz de competências de ginecologia e obstetrícia 6. Matriz de competências de clínica médica 7. Matriz de competências de cirurgia geral 8. Matriz de competências de ortopedia 9. Matriz de competências de anestesiologia 10. Residência médica de pediatria no Brasil 11. Residência de medicina de emergência 12. Preceptoria e estratégias de supervisão 13. Desenvolvimento de competência pedagógica de preceptores: a experiência da Abem 14. Capacitação de preceptores: a experiência da Febrasgo 15. Residente como educador 16. Princípios éticos na formação do residente 17. Humanização e profissionalismo na residência Seção 3 Treinamento do residente 18. Telemedicina e ensino mediado por tecnologia na residência médica 19. Treinamento por meio da simulação 20. Construção e uso de simuladores de baixo custo 21. Princípios gerais e modalidades de simulação 22. Treinamento de procedimentos cirúrgicos em ginecologia e obstetrícia 23. Treinamento em emergências obstétricas: a experiência do Zero Morte Materna 24. Treinamento em ambientes de prática 25. Segurança do paciente e formação do residente 26. Desenvolvimento da competência em comunicação clínica 27. Empatia na formação médica 28. Saúde mental do médico residente 29. Programas de apoio ao residente 30. Pandemia da covid-19: impactos nos serviços de ginecologia e obstetrícia Seção 4 Avaliação do residente 31. Princípios gerais de avaliação do profissional da saúde em formação 32. Elaboração de testes de avaliação cognitiva 33. Elaboração de questões de boa qualidade 34. Teste de progresso: a experiência da Febrasgo com o TPI-GO 35. Avaliação das habilidades em ambiente simulado 36. Avaliação de desempenho nos ambientes de prática 37. Avaliação de profissionalismo 38. Atividades profissionais confiabilizadoras (EPA) 39. Logbook, portfólio e auditoria de prontuários Seção 5 Certificação do especialista 40. Certificação das especialidades médicas no Brasil 41. Certificação do especialista em ginecologia e obstetrícia Seção 6 Avaliação dos programas de residência 42. Avaliação de instituições e programas de residência médica: as atribuições da CNRM 43. Acreditação dos programas de residência médica no Brasil 44. Perspectivas da educação médica no Brasil e no mundo
    • ISBN
      9786555764802
    • Número de páginas
      536
    • Ano de publicação
      2021
    • Tipo de produto
      E-Books

    Quem viu, viu também

    Residencia-Medica---Ensino-e-Avaliacao-das-Competencia

    Residência médica: ensino e avaliação das competências 1ª Edição

    R$ 214,00
    R$ 96,30
    -55%