Precisa de ajuda?
11 4196-6000

0

Carrinho

    Parcelamento em até 12x sem juros
    Primeira troca gratuita
    5% de desconto no boleto
    Cód:
    9786555769821
    Oclusão Dentária: Princípios e prática clínica 2ª Edição - Digital

    De: R$ 153,00Por: R$ 99,45ou X de

    Economia de R$ 53,55

    Comprar

    Produto similar - impresso e digital

    Especificações

    Descrição

    Currículo

    AutoresLeonardo Marchini; Jarbas Francisco Fernandes dos Santos ;Mateus Bertolini Fernandes dos Santos

    Sinopse

    SinopseA disciplina Oclusão tem sido responsável por grandes discussões e controvérsias entre clínicos e pesquisadores, no aspecto tanto teórico como prático, fazendo com que boa parte dos estudantes e dos profissionais a perceba como muito complexa, e de difícil entendimento. Tal fato faz com que os principais interessados (estudantes e cirurgiões-dentistas) se afastem e percam o interesse pela disciplina, que tem importante repercussão clínica em todas as especialidades odon­tológicas.
    Para mitigar esse efeito indesejável, esta obra procura trazer os conceitos mais atuais da Oclusão de maneira simples, clara e objetiva, privilegiando sempre o foco na aplicabilidade clínica, com figuras e fotos ilustrativas, que permitem o completo entendimento e imediata aplicação da teoria na prática clínica.

    Sumário

    Sumário1 Introdução ao estudo da oclusão . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . 1

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1

    A importância da oclusão para as disciplinas clínicas . . . . . . . . 1

    Controvérsias em oclusão . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12

    Agradecimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15

    2 Morfologia do sistema mastigatório . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17

    Componentes ósseos do sistema mastigatório . . . . . . . . . 17

    Osso temporal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18

    Osso maxilar............................................................... 21

    Mandíbula . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21

    Hioide . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23

    As articulações temporomandibulares . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23

    Músculos do sistema mastigatório . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

    Músculos da mastigação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

    Músculos abaixadores da mandíbula . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28

    Inervação do sistema mastigatório . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29

    Dentes e periodonto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29

    Agradecimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30

    3 Fisiologia do sistema mastigatório . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31

    Sistema somestésico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31

    Propriocepção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32

    Dor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40

    Agradecimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46

    x Oclusão dentária: princípios e prática clínica

    4 Movimentos mandibulares . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49

    Movimentos em posição central (movimentos cêntricos) . . . . 49

    Movimentos em posições não centrais (movimentos excêntricos ou
    excursivos) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49

    Movimentos de lateralidade . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52

    Movimento de protrusão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54

    Movimento de abertura máxima . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56

    Esquemas oclusais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57

    Decomposição dos movimentos mandibulares nos três planos do espaço . . . . . . 60

    5 Relação maxilomandibular . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65

    Relação central e oclusão central . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65

    livre . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66

    Alguns conceitos clínicos de interesse que derivam dos enunciados . . . . . . . . . . . 71

    6 Determinantes da oclusão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73

    Introdução . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73

    Determinantes fixos e variáveis da oclusão . . . . .. . . . . . . . . . . . . 74

    Correlação entre os determinantes fixos e variáveis da oclusão. . . 76

    Considerações finais . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 78

    7 Articuladores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81

    Conceito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81

    Histórico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81

    Classificação dos articuladores . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82

    Componentes dos articuladores semiajustáveis...................... 83

    Articulador e arco facial: usar ou não usar? . . . . . . . . . . . . . . . . . 86

    8 Bruxismo................................................. 89

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89

    Sumário xi

    Bruxismo do sono . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89

    Etiologia do bruxismo do sono . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89

    Diagnóstico e características clínicas do bruxismo do sono . .. 90

    Gerenciamento do bruxismo do sono . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 93

    Bruxismo em vigília . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103

    Etiologia do bruxismo em vigília . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103

    Diagnóstico e características clínicas do bruxismo em vigília................ 103

    Gerenciamento do bruxismo em vigília..................................... 104

    9 Etiologia das disfunções temporomandibulares....... 107

    Introdução . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107

    Como as disfunções temporomandibulares se apresentam . . . . .107

    Alterações mais comuns . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108

    Alterações musculares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108

    Alterações articulares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 111

    Correlações entre alterações musculares e articulares . . . . . . 113

    10 Exames do paciente com vistas à oclusão . . . . . . . . . . . . 119

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 119

    Exames do paciente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121

    Anamnese . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121

    Exame físico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 122

    11 Tratamento das disfunções temporomandibulares..... 159

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159

    Tratamentos para as alterações musculares . . . . . . . . . . . . . . . . 159

    Meios terapêuticos de controle da inflamação muscular em quadros agudos 160

    Placas oclusais (placas estabilizadoras) . . . . . . . . . . . . . . 161

    Outras formas de gerenciamento da disfunção temporomandibular . . . . . . . . 163

    12 Fluxo digital na análise oclusal e confecção de placas oclusais. 177

    Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177

    Escaneamento intraoral . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177

    Registro maxilomandibular pelo fluxo digital . .. . . . . . . . . . . . 178

    Articulador virtual e análise oclusal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 179

    Planejamento virtual de placas oclusais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181

    Impressão 3D de placas oclusais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 189

    Bibliografia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197

    Índice remissivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 205

    Especificações

    ISBN9786555769821
    Número de páginas232
    Ano de publicação2021
    Edição1
    Tipo de produtoE-Books
    Link imagem

    Requisitos mínimos

    Requisitos mínimos para leitura do e-bookA Editora Manole adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks).

    Compatibilidade

    Além do acesso on-line e Off-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android.

    Acesso aos e-books

    • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra;
    • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”.


    Acessibilidade

    • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada;
    • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite).


    Observações importantes

    • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line;
    Não é permitida a impressão dos e-books;
    Os e-books adquiridos no site da Editora Manole não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;

    Sobre o autor

    CurrículoLeonardo Marchini
    Cirurgião-dentista e Mestre em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de São José dos Campos da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FOSJC-Unesp).
    Doutor em Ciências pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).
    Associate Professor, Department of Preventive and Community Dentistry, The Uni-versity of Iowa College of Dentistry and Dental Clinics.

    Jarbas Francisco Fernandes dos Santos
    Cirurgião-dentista pela Faculdade de Odontologia de São José dos Campos da Uni-versidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FOSJC-Unesp).
    Mestre e Doutor em Odontologia pela Universidade de Taubaté (Unitau). Professor-assistente Doutor da Disciplina de
    Prótese Total e Oclusão da Universidade de Taubaté (Unitau).
    Professor Responsável pela disciplina de Clínica Integrada da Universidade do Vale do Paraíba (Univap).

    Mateus Bertolini Fernandes dos Santos
    Cirurgião-dentista pela Faculdade de Odontologia de São José dos Campos da Uni-versidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FOSJC-Unesp). Mestre e Doutor em Clínica Odontológica – Prótese Dentária pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade de Campinas (FOP-Unicamp). Professor Adjunto da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
    É uma revisão completa e atualizada sobre Oclusão, com o intuito de proporcionar ao estudante de Odontologia, bem como ao cirurgião-dentista, uma ferramenta útil e atual para melhor compreensão sobre o tema e suas implicações na clínica odontológica diária.

    TemplateEvento